.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Palavras Recentes

. Conversa com o Chefe!

. O Carvalho e o Eucalipto

. Ouse!

. Um Ciclo de Vida às avess...

. Informações de Transito

. Ausência

. Pegadas na Areia

. Papa Bento no seu Melhor ...

. Publicidade

. Exames!

.Palavras Passadas

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.Visitas Obrigatórias

.tags

. todas as tags

.Palavras Favoritas

. Amigos são Anjos...

. FIM DO DIA...

.E aí vão:

Free Web Counters
Free Site Counter

.Fases da Lua

CURRENT MOON

.VoxCards

.Ganha dinheiro com:

Publipt! Clique Aqui!

.Anuncia!!

blogs SAPO

.subscrever feeds

Terça-feira, 9 de Maio de 2006

O comboio

 

Há algum tempo atrás li um livro que comparava a vida com uma viagem de comboio. Uma leitura extremamente interessante se for bem interpretada...

 

A vida não é mais do que uma viagem de comboio: repleto de embarques e desembarques, salpicado por acidentes, surpresas agradáveis em algumas estações e profundas tristezas noutras.

 

Ao nascer subimos para o comboio e encontramo-nos com algumas pessoas que acreditamos que estarão sempre connosco nesta viagem: os nosso Pais.

 

Lamentavelmente a verdade é outra.

Eles sairão em alguma estação deixando-nos órfãos do seu carinho, da sua amizade e da sua companhia insubstituível.

 

Apesar disto, nada nos impede que entrem outras pessoas que serão muito especiais para nós.

 

Chegam os nossos irmãos, amigos e esses maravilhosos amores.

 

De entre as pessoas que apanham este comboio, também haverá quem o faça como um simples passeio.

 

Outros só encontrarão tristeza nessa viagem...

E outros, também, que circulando pelo comboio, estarão sempre prontos para ajudar quem precisa.

 

Muitos quando descem, deixam uma saudade permanente...

Outros passam tão desapercebidos que nem reparamos que desocuparam o lugar.

 

Às vezes é curioso constatar que alguns passageiros, que são muitos queridos, se instalaram em outras carruagens, diferentes da nossa.

Assim temos de fazer o trajecto separado deles.

Mas nada nos impede que, durante a viagem, percorramos a nossa carruagem com alguma dificuldade e cheguemos até eles...

Porém, lamentavelmente já não nos podemos sentar ao seu lado, pois estará outra pessoa a ocupar o lugar.

 

Não importa, a viagem faz-se deste modo: cheia de desafios, sonhos, fantasias, esperas e despedidas... mas nunca retornos.

Então façamos esta viagem da melhor maneira possível...

 

Tratemos de nos relacionar bem com todos os passageiros, procurando em cada um o melhor deles.

Recordemos sempre que em algum ponto do trajecto, eles poderão hesitar ou vacilar e, provavelmente, vamos precisar de os entender...

 

Como nós também vacilamos muitas vezes, e sempre haverá alguém que nos compreenda.

 

No fim o grande mistério é que nunca sabemos em que estação vamos sair, nem, e muito menos, onde sairão nossos companheiros, nem sequer aquele que está sentado ao nosso lado.

 

Fico a pensar se, quando sair do comboio, sentirei nostalgia... acredito que sim.

Separar-me de alguns amigos com quem fiz a viagem, será doloroso. Deixar que os meu filhos sigam sozinhos, será muito triste. Mas agarro-me à esperança que, em algum momento, chegarei à estação principal e terei a grande emoção de vê-los chegar com uma bagagem que não tinham quando embarcaram.

O que me fará feliz, será pensar que colaborei para que a sua bagagem crescesse e se tornasse valiosa.

 

Façamos com que a nossa estadia neste comboio seja tranquila e que tenha valido a pena.

Esforcemo-nos para que, quando chegue o momento de desembarcar, o nosso lugar vazio deixe saudades e umas lindas recordações para todos os que continuam a viagem.

 

(autor desconhecido)

sinto-me: pensativa
publicado por Pipoca às 14:48
link do post | Deixe Suas Palavras | favorito
|
1 comentário:
De Ritisabel a 19 de Maio de 2006 às 12:10
Há algum tempo tive uma conversa com um grande amigo... e o mais engraçado é que falávamos deste assunto... a vida como se fosse uma viagem de comboio. O engraçado é que nunca tinha lido este texto! Bjocas e bom fim de semana.

Comentar post